Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, Geosaude- 2019

Tamanho da fonte: 
SITUAÇÃO POLÍTICA NO BRASIL E O PERFIL NUTRICIONAL DE CRIANÇAS CADASTRADAS NO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA: UMA ANÁLISE A PARTIR DO SISTEMA DE VIGILÂNCIA ALIMENTAR E NUTRICIONAL (SISVAN)
Tailan Cris Diel da Cruz, Jane Kelly Oliveira Friestino, Inajá Neiva dos Santos, Cinthya Martins Jardim, Ana Caroline Geremia, Flora Alcantara Nunes

Última alteração: 2019-03-09

Resumo


O Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN), possui abrangência nacional, sendo seu controle obrigatório como pré-requisito para a transferência de recursos financeiros em programas assistenciais advindos do Governo Federal, com destaque ao Programa Bolsa Família. Desse modo, objetiva-se analisar o perfil nutricional das crianças em dois momentos de gestão federal no país, com essa finalidade realizou-se um estudo exploratório tendo como base de dados os relatórios oficiais do SISVAN, durante dois períodos distintos: Governo Dilma Rousseff e Gestão Michel Temer. Foram analisadas informações nutricionais de crianças de 0 a 05 anos pertencentes às famílias cadastradas no Programa Bolsa Família nas 05 regiões brasileiras. Nota-se que a situação política do país, no período supracitado, não gerou grandes mudanças no que tange a nutrição das crianças beneficiárias do Programa. Porém, consegue-se perceber algo bastante significativo em relação aos indicativos pesos adequado para a idade, e, elevado para a idade. Portanto, é possível apontar que o Programa Bolsa Família tem alcançado seu maior objetivo: minimizar a fome e a miséria no país, porém os indicativos de peso elevado para a idade têm aumentado, sendo necessário questionar a qualidade nutricional dessas crianças e a equidade no país

Palavras-chave


Avaliação nutricional; Saúde da Criança; Vigilância em Saúde Pública; Políticas Públicas de Saúde; Condições Sociais.

Texto completo: PDF